Flamengo tem cinco maiores contratações da história do futebol brasileiro depois da chegada de Gérson

Por Redação em 06/01/2023 às 10:16:19
Gérson, Pedro, Éverton Cebolinha, Gabigol e De Arrascaeta estão nas cinco primeiras colocações, acima de Tévez, contratado em 2005 pelo Corinthians Gérson jogou bem pelo Olympique de Marselha, foi vice-campeão francês sob o comando de Jorge Sampaoli e disputou 35 dos 38 jogos do Campeonato Francês de 2021/22, 82% deles como titular. Fez 9 gols e deu quatro assistências, terceiro maior goleador de seu time na campanha da Ligue 1. Tudo sob o comando de Jorge Sampaoli. O problema foi a chegada de Igor Tudor.

Gerson fala sobre o que aprendeu na França e o que apresentará no Flamengo

Com o treinador croata, Gérson disputou só dez, dos 17 compromissos do Olympique de Marselha no Campeonato Francês da temporada 2022/23. Destes, só seis como titular. Tudor, ex-zagueiro da Juventus e da seleção croata -- enfrentou o Brasil na Copa de 2006 como volante -- explicou que não pode deixar todos os jogadores felizes. Gérson assinou contrato para atuar no sul da França por cinco temporadas. Negociou sua saída depois de uma temporada e meia.

Este vai-e-volta é o que dá margem à discussão. Fracasso não é a palavra certa. Por outro lado, Gérson não é imprescindível em Marselha. Não para Igor Tudor.

Antes da transferência, o pai do jogador chegou a dar entrevistas falando sobre a importância do negócio para o jogador. Gérson deu declarações dizendo que não queria ir, chorou na despedida, declarou-se torcedor. Seu retorno ao Flamengo é importante e se justifica, do ponto de vista do clube, não só pelo aspecto técnico, Também financeiro.

Gérson foi comprado em 2019 por 11 milhões de euros, foi vendido ao Olympique de Marselha por 30 e recomprado por 25. Na venda, o Flamengo manteve 20% do contrato, o que torna o negócio ainda mais vantajoso. Como a variação do euro foi insana no período da pandemia, fica ainda mais espantosa a vantagem quando se contabiliza em reais. O rubro-negro pagou R$ 49 milhões na vinda de Gérson, em 2019, vendeu-o por R$ 190 milhões e recompra-o agora por R$ 92 milhões. Quer dizer que gastou R$ 137 milhões em duas compras e recebeu R$ 53 milhões de lucro.

Sem contar o aspecto técnico.

O retorno de Gérson passa a ser a maior compra do Brasil, pela cotação real/euro. O Flamengo tem, agora, os cinco maiores negócios. Veja abaixo:

. 1 Gérson - Olympique de Marselha - Flamengo (2023) - R$ 92 milhões

. 2 Pedro - Fiorentina - Flamengo (2020) - R$ 87 milhões

. 3 Éverton Cebolinha - Benfica - Flamengo (2022) - R$ 87 milhões

. 4 Gabigol - Internazionale - Flamengo (2020) - R$ 79 milhões

. 5 De Arrascaeta - Cruzeiro - Flamengo (2019) - R$ 64 milhões

Fonte: Globo Esporte/G1

Comunicar erro

Comentários